A importância do Sono

O sono é crucial para a transferência das informações guardadas durante o dia, temporariamente, no hipocampo – uma espécie de memória provisória localizada na base do órgão – para uma área mais sofisticada, maior e permanente – o córtex, a chamada massa cinzenta. Diversas pesquisas comprovam que o cérebro quase não valoriza as informações vindas quando se está dormindo, pois ele ocupa-se em promover uma tertúlia entre o hipocampo e o córtex durante toda a noite.

O sono possui fases diferentes que devem ser repetidas várias vezes para que o armazenamento de dados pelo cérebro seja bem-feito. Assim, alguém que dorme 10 horas tem quase dobrada a sua habilidade de fixar as informações. Da mesma forma, acordar antes de completar 6 horas de sono pode fazer com que se perca tudo o que estava sendo gravado e aprendido.

Durante esse período, o organismo aproveita para se recuperar do cansaço físico. Além do relaxamento muscular, é principalmente à noite que se produz o hormônio do crescimento. Na criança, esse hormônio é indispensável ao desenvolvimento e, no adulto, promove a cicatrização e a reposição de células da pele. O sistema imunológico também se refaz.

Conseqüências de uma noite mal dormida
– Diminuição da concentração.
– Aumento da circulação de proteínas que controlam o sono e provoca a sensação de cansaço, o que pode levar a um cochilo involuntário no trânsito, por exemplo.
– Diminuição da transmissão de sinais que o cérebro envia para os músculos.

A importância do colchão na sua saúde

Muitas vezes nos preocupamos com carro de luxo, o acabamento de alta qualidade da casa onde moramos, a roupas, e uma variedade de itens de consumo e nos esquecemos do principal, nossa saúde.

A maioria das pessoas não dá importância ao seu colchão, onde passa um terço de sua vida. Várias pesquisas realizadas apontaram que 90% dos problemas de dores de cabeça, torcicolos, dores na nuca, dores lombares e musculares, são decorrentes de noites mal dormidas, em colchões inadequados.